Ouça a UELFM                             
Produção
Divisão de Jornalismo UEL FM
Eliete Vanzo (elietevanzo@gmail.com)
Valéria Giani
Patricia Zanin (patriciauelfm@gmail.com)





Contato: (43) 3348-5025
uelfmnoticia@gmail.com
 
Jornalismo

Passeio sonoro com o Mawaca
13/11/2018
.

O Mawaca faz show em Londrina dia 22, às 8 da noite, no Teatro Ouro Verde, pelo Circulasons - uma alternativa para os ouvidos.

A UEL FM te leva antes para um passeio sonoro com o grupo.

Neste sábado, dia 17, às 11 horas, e na próxima quinta, dia do show, às 5 da tarde.

O programador Agnaldo Barbosa selecionou temas dos discos Mawaca e Mawaca Astrolábio Tucupira, além do trabalho mais recente, Nama Pariret.

O Mawaca é de São Paulo. Pesquisa e recria a música das mais diversas culturas do mundo há 23 anos. Com arranjos inovadores e criativos, o grupo traz músicas do repertório mundial que foram transmitidas de geração em geração pela tradição oral.

Temas ancestrais que revelam as características étnicas locais e dialogam com a música brasileira.

Desde que gravou seu primeiro álbum, em 1998, o Mawaca já cantou em mais de 20 línguas; apresentou-se no Rock in Rio; fez shows na Amazônia brasileira, Bolívia, Portugal, Espanha, França, Alemanha, Grécia e China.

A pluralidade étnica característica do repertório do Mawaca começa com a escolha de seu nome. Em 1995, quando procurava um termo que definisse o espírito daquele projeto musical que estava por vir, a diretora musical Magda Pucci encontrou estampada no The New Oxford Companion to Music a palavra mawaka (com “k”) que, na língua Hausa, significa cantores.

No entanto, a escolha de um termo africano poderia limitar a imagem do grupo, já que o repertório não se restringe a músicas do continente negro. As pesquisas seguiram e Magda descobriu que aquele termo do norte da Nigéria apontava para diversas outras culturas.

Na América Latina hispânica, Umawak’a é o lugar sagrado das águas andinas. Também em nosso continente, a palavra Amawaca (ou Amahuaca) aparece para designar o povo indígena que vive na fronteira com o Peru, às margens do Orinoco. Já os índios Mehinaku do Xingu acreditam que ‘waka’ são os mensageiros entre as aldeias.

Na língua japonesa, pode ser interpretado como canto sagrado, canto em harmonia ou porta para a criação da arte de fazer poemas. Diante de tantos significados e possibilidades linguísticas, o grupo troca o “k” pelo “c”, abrasileirando a grafia do termo, e firma seu nome definitivo MAWACA com o desejo de que todos esses sentidos inspirem sua música. Informações do site do grupo.   

 
ÁUDIOS DO ARQUIVO (clique para ouvir)


Não há áudios para esta data.
ARQUIVOS
2021
2020
2019
2018
2017
2016
DEZEMBRO
NOVEMBRO
OUTUBRO
SETEMBRO
AGOSTO
JULHO
JUNHO
MAIO
ABRIL
MARÇO
FEVEREIRO
JANEIRO
2015
DEZEMBRO
NOVEMBRO
OUTUBRO
SETEMBRO
AGOSTO
JULHO
JUNHO
ABRIL
MARÇO
2014
DEZEMBRO
NOVEMBRO
OUTUBRO
SETEMBRO
AGOSTO
JULHO
JUNHO
MAIO
ABRIL
MARÇO
 
2008 UELFM 107,9 Música e informação em movimento - Todos os direitos reservados

Campus Universitário s/n - CEP 86.051-990 - Londrina-PR - Atedimento (43) 3348-5027 - Jornalismo (43) 3371-4681
Desenvolvimento IMAGINACOM